NATAL – O LIXO NOSSO DE TODO DIA


1_1lixo6

Vendo as fotos do amigo Cláudio Abdon (http://www.claudioabdon.com.br/), como um orgulhoso natalense, nunca tive tanta vergonha da minha cidade.

Em toda a minha vida nunca tive a oportunidade de presenciar um tal descanso como o que ocorre agora com Natal.

A minha cidade está se afogando em lixo, detritos, em restos.

O nobre leitor, ou leitora, que um dia já esteve na nossa cidade, como um tranquilo turista e que saiu daqui com uma positiva imagem, eu só tenho que agradecer a Deus pelo fato de você não visitar Natal nesta época.

Isso não é um factoide, não é exagero, não é um post com intenções políticas. É indignação pura.

Basta dar uma pequena volta, de uns quarenta minutos de carro, que a visão é terrível. Se você seguir para os bairros mais humildes aí é que a desgraça é pior.

O que a prefeita Micarla de Souza deixou como maior marca  de sua passagem no executivo municipal de Natal, foi o lixo espalhado nas nossas ruas.

Sem dúvida alguma seu governo será inesquecível.

E que assim seja, pois como dona de um canal de televisão, amanhã ou depois esta Senhora vai voltar com toda sua capacidade de comunicação e vender a imagem que “foi vítima de poderosos” ou algo parecido.

Ela vai tentar mostrar que o que ocorreu “não foi culpa sua”.

Que jamais esqueçamos estes dias, para que no futuro saibamos escolher melhor as pessoas que vão gerir os destinos de nossa amada cidade e que jamais isto torne a ocorrer.

1_1lixo1

1_1lixo3

1_1lixo2

1_1lixo7

1_1lixo9

1_1lixo8

Anúncios

Uma opinião sobre “NATAL – O LIXO NOSSO DE TODO DIA”

  1. Tanto lixo, pragas que vem do lixo e as pessoas acham que é problema do outro. Engraçado é que tomam três banhos ao dia. Roupa, só do dia e passada. Tem higiene consigo próprios e não tem com o que está em volta de si e de outros.
    As nossas feiras livres são bem a cara da falta de gerenciamento. Mas gerenciar se as pessoas são deseducadas é complicado. Se houvesse o gerenciamento, o desperdício seria canalizado para voltar ao solo ou ração de animais. Um fato exemplificado: uma lanchonete serve açaí com banana. A casca da banana tem proteínas e poderia servir de ração animal. Ao contrário, vai pro lixo.
    Tenho esperança que as próximas gerações superem, pois já existe reciclagem, educação ambiental, o senso já chega a uma parcela da sociedade.
    Não tem a ver com a condição financeira, é sim falta de educação, pois os “porquinhos” soltam lixo de seus carros luxuosos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s