EU TORÇO PELO BRASIL

Fonte - http://homem.net/
Fonte – http://homem.net/

Em tempos de Copa do Mundo, acho que sou visto como um ET. Não visto verde-amarelo. Não coloco bandeirinha no carro. O televisor fica desligado nos horários dos jogos. Só não ignoro os resultados da seleção brasileira porque o foguetório da vizinhança me informa todas as vezes em que há um gol. Também o noticiário da televisão é dominado pela temática, mesmo que ela não lhe interesse.

Não tenho força imaginativa para conceber que teríamos um novo país no momento em que carregássemos o título de “Hexacampeão”.

Mas eu torço pelo Brasil.

Torço pelo Brasil, para que os seus governantes pautem suas decisões e ações por uma ética de justiça, verdade e probidade. Que seus legisladores trabalhem para que as leis no país não legalizem situações de exploração e opressão. E que seus tribunais e juízes ultrapassem as teias da burocracia judiciária e ministrem a Justiça, corrigindo distorções e coibindo a propagação do mal em todas as esferas da sociedade.

Torço para que aqueles que são encarregados da segurança pública sejam cada vez menos necessários, em razão da diminuição das agressões e outros crimes. E também para que eles não façam alianças com o crime organizado, tirando proveito próprio e traindo o papel que lhes foi atribuído.

Torço por um país em que o povo e o seu adjetivo correlato não sejam apenas um título nos conluios e alianças espúrias em épocas de eleição, que só têm em vista a perpetuação daqueles que já estão no poder e que o exercem sem, efetivamente, se preocuparem com as necessidades desse povo.

Torço pelo dia em que a riqueza produzida pelo suor de muitos não se concentre nas mãos de uns poucos, mas seja mais equanimemente distribuída, para que não haja “fome em grandes plantações”.

Torço pelo Brasil, para que tantas mulheres nesse país não sejam vítimas da violência por parte de seus parceiros, mas sejam respeitadas e valorizadas. Também torço pelos menores, para que não sejam alvo de abusos sexuais por parte daqueles sob cujo cuidado estão.

Fonte - veja.abril.com.br
Fonte – veja.abril.com.br

Estou na torcida pelos adolescentes e jovens, para que lhes sejam proporcionadas oportunidade de educação e trabalho, de modo que possam sonhar com melhores perspectivas de vida que não aquelas oferecidas pelo crime e pela marginalidade.

Torço para que os ricos desse país não apenas permitam que os pobres recolham as migalhas que caem das suas mesas, mas partilhem os seus banquetes com os que nada têm, de mãos abertas e corações generosos.

Torço pelo Brasil, no desejo que nele as pessoas não sejam valorizadas e prestigiadas pelo montante da conta bancária ou pela grife da roupa que ostentam. Mas seja um país que reconheça o valor de todos os que o compõem, em razão da dignidade inerente ao ser humano.

Também estou na torcida para que aqueles que controlam os meios de produção tomem decisões com visões de longo alcance. Que não façam escolhas somente tendo em vista o lucro e a produtividade de hoje, mas considerem a manutenção dos bens materiais e a sustentabilidade da riqueza e beleza da natureza.

Eu torço pelo Brasil, para que os estudantes dessa nação não apenas obtenham conhecimento, mas que eles busquem e encontrem a sabedoria. Que eles adquiram as competências técnicas de suas profissões, mas também assimilem valores que lhes indiquem o que fazer com as suas vidas. E que todo o país dê ouvidos aos seus sábios e aos seus mestres, que têm contestado o materialismo e o consumismo desumanizantes, pleiteando uma ordem diferente de prioridades.

Fonte - pt-br.facebook.com
Fonte – pt-br.facebook.com

Estou na torcida por um país que seja sensível às evidências mundiais – terrorismo, genocídios, desintegração, poluição, exaustão. Que possa acolher a Verdade que, de todos os lados, está acercando-se mais do homem. Um país que não se esquive da Verdade, acreditando que as forças destruidoras em processo podem ser “colocadas sob controle” simplesmente mobilizando-se mais recursos para combater a poluição, preservar a natureza, descobrir novas fontes de energia e chegar a acordos mais efetivos quanto à coexistência pacífica.

Finalmente, torço por um país que compreenda que “não erramos porque a verdade seja difícil de distinguir – ela pode ser vista num relance. Erramos porque simplesmente é mais cômodo.” (Alexander Soljenítsin).

Eu torço pelo Brasil.

Wicliffe Costa

(6ª feira, 2 de julho de 2010)

P-Foto 3

Nota do Responsável por este Blog Wicliffe de Andrade Costa é Mestre em história e professor da UFRN. Produziu este texto na época da Copa da África do Sul, que continua bastante atual e serve para refletirmos
sobre a realização desta competição em nosso país. Ao lhe pedir permissão para publicá-lo, fiquei muito feliz em saber que ele considerou um privilégio ter seu texto aqui divulgado.

Muito obrigado professor.

Anúncios

Uma opinião sobre “EU TORÇO PELO BRASIL”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s