NOSSO NOVO TRABALHO LITERÁRIO – A PARTICIPAÇÃO NA COLETÂNEA “TRAVESSA DA ALFÂNDEGA”

Convite

Autor – Rostand Medeiros

Meus amigos e amigas!

Amanhã (17/12/2011), às 20h, Café Salão Nalva Melo, na Avenida Duque de Caxias, 110, no tradicional bairro da Ribeira, ocorrerá o lançamento do nosso novo trabalho, na participação da Coletânea de Crônicas “Travessa da Alfândega“.

É um livro de coletâneas, que reúne crônicas de Sheyla de Azevedo Andrade, Franklin Jorge, Ana Cristina Tinoco, Yasmine Lemos, Alexandro Gurgel, José Acaci Rodrigues, Fábio de Silva, José Correia Torres Neto, Fábio Farias, Nalva Melo, Natália Negreiros, Pablo Capistrano, Petit das Virgens, Jania Souza, Lívio Oliveira, Emanuelle Albuquerque, Rostand Medeiros, Cefas Carvalho, Arlindo Bezerra da Silva Junior, Alexis Peixoto, Alex Nascimento, Florentino Vereda, Adriano de Sousa, Michelle Ferret e Eliade Pimentel.

A organização deste trabalho é do amigo José Correia Torres Neto, da “Caravelas Selo Cultural”, que realizou o trabalho de edição dos meus dois livros “Os Cavaleiros dos Céus – A Saga do Voo de Ferrarin e Del Prete” e “João Rufino – Um Visionário de Fé”. O primoroso trabalho gráfico coube a Offset Gráfica, do competente amigo Ivan Junior.

Capa

Foi uma satisfação este convite e ter contribuído para esta obra.

Abrilhantando esta festa cultural o grupo “Catita Choro e Gafieira” fará uma apresentação musical neste lançamento

UM LIVRO QUE ATRAVESSA VÁRIAS HISTÓRIAS

Como um bom pescador que se põe entre a atenção e a paciência, o editor José Correia Torres Neto, lança no próximo sábado, 17 de dezembro, a coletânea de crônicas, “Travessa da Alfândega” (Caravela Selo Cultural), no Nalva Melo Café Salão, a partir das 20h. Nesse título ele conseguiu arregimentar textos dos mais diversos nomes de artistas, escritores, poetas, pessoas ligadas a cinema, pesquisas, arquitetura, produção cultural e jornalistas da cidade, tais como: Adriano de Sousa, Alexis Peixoto, Alex Nascimento, Ana Cristina Tinoco, Eliade Pimentel, Franklin Jorge, Lívio Oliveira, Michelle Ferret, Petit das Virgens, Rostand Medeiros, dentre muitos outros.

Segundo apresentação do livro, Travessa da Alfândega apresenta ao leitor textos distintos entre si, mas que guardam em sua essência, reflexões sensíveis que transitam na literatura, na crítica e na experiência artística e profissional de cada um dos convidados. “Para compor o livro, foram convidadas pessoas de diversos segmentos: escritores, artistas plásticos, jornalistas, fotógrafos, cordelistas, arquitetos, produtores culturais, cineastas e intelectuais. Cada um utilizou de sua liberdade artística para compor uma crônica – ou algo além – que demonstrasse o que lhe sensibiliza, apraz ou até mesmo aquilo que pode deixar um amargor diferente no paladar”, explica o organizador.

O Nalva Melo Café Salão, na Avenida Duque de Caxias, na velha Ribeira

A escolha do título do livro guarda certas particularidades que valem ser expressadas. Talvez muita gente não saiba que “Travessa da Alfândega” foi o nome de uma das mais movimentadas e famosas ruas da Ribeira, a “Rua Chile”. Nos idos de 1888 que a Câmara Municipal de Natal publicou resolução que dava novas denominações às ruas da velha Ribeira e, de acordo com o pesquisador Itamar Souza (Nova História de Natal – 2008) a Rua da Alfândega, passara a ser chamada de Travessa da Alfândega. E, em 1902, uma nova resolução dava a denominação preservada até os tempos atuais. “Afeição exagerada ou resgate memorialista” são algumas das razões explicadas por José Correia que o levaram à escolha desse nome. “E todas essas pessoas (os colaboradores) são pedras, são trilhos, são portas e janelas arqueadas como se compusessem a rua de todas as moradas”, arrisca.

Sendo assim, Travessa da Alfândega é mais uma tentativa de dar voz, corpo e sentido às palavras. Aquelas que habitam o universo de quem lê e de quem escreve. Passando pelo meio, atravessando, como o próprio nome sugere, um dos gêneros “mais brasileiros” de que se tem notícia – a crônica – cujo surgimento, alguns arriscam dizer que foi no século XIX, nas páginas dos jornais. E que chega no século XXI com frescor ou fúria de um gênero que cada vez mais se firma e galga as escadarias da literatura.

Travessa da Alfândega

Dia: 17/12
Hora: 20h
Local: Nalva Melo Café Salão, Ribeira
Av. Duque de Caixias, 110
Preço: R$ 30,00

PARA SABER MAIS SOBRE ESTE LIVRO E ESTA FESTE CLIQUE NOS LINKS ABAIXO;

http://www.cafesalao.com/lancamento-do-livro-travessa-da-alfandega.html

http://www.substantivoplural.com.br/um-livro-que-atravessa-varias-historias/

http://www.soltonacidade.com.br/guia/arteexposicoes_confira.php?id=169

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s