VISITANDO O MAX – MUSEU DE ARQUEOLOGIA DE XINGÓ

Fachada do MAX - CLIQUE NAS FOTOS PARA AMPLIAR
Fachada do MAX – CLIQUE NAS FOTOS PARA AMPLIAR

Recentemente estive visitando o O MAX – Museu de Arqueologia de Xingó, na cidade de Canindé de São Francisco, em Sergipe e gostei muito do que vi.

Esta Instituição pertencente a Universidade Federal de Sergipe (UFS), foi inaugurado em abril de 2000 e surgiu com a missão de pesquisar, preservar e expor o patrimônio arqueológico de Xingó, como uma estratégia para permitir a manutenção da pesquisa e preservação do patrimônio arqueológico do Baixo São Francisco.

DSCF7774

A partir de 1988, com o início dos trabalhos de construção da Usina Hidrelétrica de Xingó, foi desenvolvido pela UFS, com apoio da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), projeto de salvamento arqueológico na área que seria inundada pelo reservatório da nova usina, o que permitiu identificar a existência de uma cultura xingoana na região, há pelo menos 9.000 anos atrás.

DSCF7744O acervo museológico da instituição é formado por mais de 50.000 peças e vestígios e está apresentado em uma exposição humanizada, na qual são destacadas todas as etapas de elaboração dos artefatos pré-históricos, compreendendo práticas humanas e procedimentos técnicos que o homem fez uso para se estabelecer na região.

DSCF7723

O museu tem duas áreas principais: a unidade museológica e a unidade de pesquisa. Na primeira, uma exposição permanente conta, de forma didática, um pouco sobre a cultura e os hábitos dos povos pré-históricos da região. Essa unidade encontra-se dividida por assunto: arte rupestre (pinturas e gravações na pedra), material lítico (em pedra), material cerâmico e material malacológico (conchas e ossos).

DSCF7762O público tem a seu dispor um programa de ação educativa que visa discutir o caráter formativo dos conteúdos da Pré-História, socializar o conhecimento resultante das pesquisas arqueológicas e formar uma consciência crítica acerca da preservação e valorização do patrimônio cultural.

Valeu a visita!

DSCF7734

Serviço – Rodovia Canindé, Piranhas, Trevo da UHE, Xingó, Canindé do São Francisco, SE, CEP 43200-000, Tel. (79) 2105-6448 • Fax (79) 2105 6453

Visitação – quarta a domingo • 9:00h às 16:30h. Entrada paga

Fontes – http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=802%3Amuseu-arqueologico-de-xingo&catid=48%3Aletra-m&Itemid=1

http://max.ufs.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s